Você está aqui: Página Inicial / Sobre a Câmara / Carambeí / Brasão

Brasão Municipal

por Cris Matos publicado 17/03/2014 13h20, última modificação 04/01/2017 15h04
 


No Brasão, a figura superior compõe de um modelo português, tradicionalmente usado no Brasil.  O castelo com cinco torres ao cimo do escudo representa a sede do Município, com seu poder, sua autoridade e suas leis.

O Brasão de Armas é cortado em três partes desiguais, sendo uma parte superior maior e duas partes inferiores iguais, constantes de:

Na parte superior, um sol nascente em amarelo com seus raios em laranja com fundo branco. Na parte superior amarela, distribuída de forma circular, tem-se a legenda GRAÇAS A DEUS, em preto, representando o agradecimento a Deus pelos benefícios da terra dadivosa, e por tudo que ainda pode-se receber do Criador, num futuro próspero e promissor;

Abaixo, a representação dos Campos Gerais, extremamente férteis, cultivados na região, com o emprego de implementos agrícolas e alta tecnologia;

As linhas traçadas na cor marrom, na lateral direita, ao lado do Rio, representam o berço do plantio direto na palha;

O homem e o trator representam o grande potencial de trabalho, característico da gente do Município de Carambeí;

Abaixo do homem e do trator, a simbologia do Rio das Tartarugas que deu origem ao nome do então Distrito, hoje Município;

Na parte inferior central, a Araucária Estilizada, árvore símbolo do Paraná, representando os Campos Gerais do Paraná;

Na parte inferior esquerda, o moinho representando a origem holandesa do Município.

Na parte inferior direita, no desenho da ave, do suíno e do gado leiteiro, representa-se a produção e a industrialização de produtos de origem animal, explorados no município.

Como suporte, nas laterais do Brasão, á direita o ramo de milho, e a esquerda, um ramo de trigo e soja, frutificados, representam as riquezas da região, os quais se cruzam em aspas sob o escudo.

Num listel na cor azul, com as pontas dobradas e terminadas em flâmulas, brocante sobre os pés entrelaçados dos dois suportes, vem gravado em toda a sua extensão o topônimo: "CARAMBEÍ" , em caracteres maísculos, em cor branca.  Na ponta esquerda a abreviatura cronológica "13.12.95", dada em sua emancipação, e na ponta direita outra abreviatura cronológica "1997" , data da primeira gestão, tudo na cor branca.

 

---------- itens relacionados ------------